Exame dá negativo para Covid-19 em idosa que morreu com sintomas de vírus respiratórios em Campo Grande

Por Fernando Brito 23/03/2020 - 10:28 hs

Deu negativo para Covid-19 o exame no material coletado da venezuelana de 63 anos que morreu na madrugada do dia 21 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Leblon, em Campo Grande.

Conforme a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Educação (Sesau), Veruska Lahdo, diante do resultado negativo, será investigado qual vírus respiratório se trata. “Ela chegou passando mal e tinha histórico de doenças respiratórias graves no prontuário”.

Agora, vai ser analisado qual vírus a idosa portava. “Não se tratava de Covid-19. Vai passar parar outros testes”, disse Veruska.

A vítima era venezuelana e estava no Brasil desde janeiro de 2020. Na noite de sexta-feira, ela deu entrada na UPA após passar mal tomando banho, em casa. Com taquicardia e falta de ar, ela foi levada ao hospital pelo filho, que ainda não fala português. O caso rapidamente evoluiu para uma parada cardiorrespiratória e, mesmo após 45 minutos de tentativa de reanimação cardíaca, a venezuelana não resistiu e faleceu.

Boletim epidemiológico divulgado domingo (22) apontou para 21 casos confirmados de covid-19, um acréscimo de 5 casos para os números do último sábado (21). Dos 21 casos, 19 são de Campo Grande, um de Sidrolândia, e outro de Ponta Porã. Outros 272 casos foram notificados, com 50 suspeitos e 190 descartados. Não há nenhum óbito registrado no estado pelo novo coronavírus

Por G1 MS e TV Morena