Seja bem vindo
Paraíso das Águas,23/02/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    Empresa conceituada que presta serviço na região de Paraíso das Águas, cai em golpe do falso boleto e perde mais de R$ 64 mil

    Golpistas possuíam todas os dados do financiamento do empresário, que teve prejuízo de mais de R$ 64 mil e sua máquina de uso de trabalho apreendida


    Empresa conceituada que presta serviço na região de Paraíso das Águas, cai em golpe do falso boleto e perde  mais de R$ 64 mil

    O proprietário da empresa Amaro Serviços de Terraplanagem, Reuel Amaro de Oliveira, entrou em contato com a reportagem do BNC Notícias, para relatar um golpe em que caiu e que lhe causou um grande prejuízo.

    A empresa que presta serviço em toda região de Paraíso das Águas e Chapadão do Sul, caiu no golpe do 'falso boleto' e perdeu mais de R$ 64 mil.

    Acontece que a vítima só descobriu após estar trabalhando em uma propriedade rural, no município de Paraíso das Águas, onde chegou o oficial de justiça de Chapadão do Sul, com o mandado de busca e apreensão, contra uma de suas máquinas pesadas, utilizadas para os serviços de terraplanagem, na qual foi financiada no Banco Bradesco.

    Ao ser surpreendido com a intimação, o empresário informou ao oficial que havia feito uma negociação com o banco e chegou apresentar o comprovante, foi onde descobriu que havia caído em golpe.

    Ele havia feito um acordo recentemente, realizando um pagamento via pix no valor de R$ 17.214,99, onde uma pessoa se identificou como consultora do banco Bradesco e apresentando todos os dados da vítima. Acreditando que seria veracidade, o empresário efetuou o pagamento da entrada e negociou o parcelamento no valor de R$ 15.363,29, na qual vinha sendo pago em dias.

    Quando descobriu o golpe, a vítima desesperada, entrou em contato com o banco e novamente foi atendido por um golpista, que solicitou o pagamento de mais R$ 17 mil para que houvesse baixa na busca e apreensão e posteriormente o reembolso do prejuízo.

    A vítima, Reuel Amaro ao BNC Notícias, disse de sua indignação quanto a perfeição em que os golpistas agem, usando da boa fé das pessoas, que no desespero que se livrarem de uma dívida, acabam negociando e piorando a situação.

    "Fiz questão de entrar em contato e me expor, para que as pessoas tenham mais cuidado e observem atentamente ao realizarem pagamentos, se estão realmente faturando para as instituições financeiras ou para pessoas físicas, como foi o meu caso. Um prejuízo que nossa empresa sofreu e que muitas pessoas sofrem todos os dias, por agir com honestidade e a bandidagem usando da boa fé das pessoas", desabafou.

    Dicas para não cair no golpe

    O primeiro passo é conferir se os últimos dígitos do código de barras correspondem ao valor a ser pago. Caso sejam diferentes, o boleto não é verdadeiro. E se a cobrança for uma conta recorrente, como a de energia elétrica, água, mensalidade escolar e afins, é preciso duvidar de qualquer alteração.

    Também é fundamental verificar se os primeiros dígitos do código de barras coincidem com o código do banco emissor. É possível consultar a numeração de todas as instituições bancárias no site da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

    Outro cuidado importante é verificar se a empresa ou pessoa que receberá o pagamento é verdadeira. Se for uma empresa, consulte a reputação dela no portal Reclame Aqui. Também é recomendado verificar se o CNPJ da emissora é real no aplicativo da Receita Federal.

    Uma característica comum do boleto falso é a impossibilidade de leitura do seu código de barras. Boletos adulterados geralmente possuem leitura incompatível, obrigando o destinatário a digitar manualmente a sua numeração. Por isso, é recomendado tentar fazer a leitura do código com a câmera do celular em vez de digitar e sempre redobrar a atenção quando encontrar essa dificuldade.

    Com o crescimento desse tipo de golpe, é indicado emitir boletos no site da instituição, já que vias físicas têm mais chances de terem sido adulteradas. A melhor saída para evitar cair no golpe do boleto falso é solicitar à instituição correta para que o valor seja debitado automaticamente da sua conta bancária.

    A indicação é de que, se for vítima desse tipo de golpe financeiro, registre o boletim de ocorrência imediatamente na Polícia Civil.




    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login