Polícia evita o assassinato de mais uma pessoa na Pedra Branca

Assassino preso no último domingo(7) previniu novos asssassinatos na comunidade.

Por Fernando Brito 08/06/2020 - 14:06 hs

O delegado de policia de Chapadão do Sul, Dr. Felipe Potter, revelou hoje a imprensa, todos aos detalhes da prisão do assassino da Pedra Branca, inclusive o depoimento do autor, que confirmou que iria matar hoje o seu desafeto (um peão de uma fazenda da localidade) e decapitar a sua cabeça e levar com ele como troféu.

O réu confesso ainda afirmou ao delegado, que tinha roubado uma moto, para fugir para outro estado e que a fuga ocorreria essa semana, após ele matar também o viúvo da Mulher. Todos os crimes seria uma vingança, pela surra que ele levou durante uma festa na comunidade local.

Segundo o delegado, a prisão do perigosíssimo Assassino identificado como SIDNEI QUINTANA, réu confesso do crime, ocorrido no dia 12 maio, onde foi assassinada pelas costas com um disparo de cartucheira, a senhora Amanda Souza Barbosa, somente foi possível após um plano bem detalhado, com uso de carros descaracterizado, já o mesmo se escondia dentro de mata e era um legitimo “mateiro”, e sempre estava atento a qualquer movimentação na região dos policias e conseguia empreender fuga na mata.

Mas na noite de ontem após um plano de ação com diversas frentes e em horários diferenciados, Sidinei Santana, foi preso enquanto dormia em uma área de uma casa abandonada.

Ele tem mandado diversas passagens pela policia,de Mato Grosso e Rondônia, os investigadores identificaram o verdadeiro nome do autor e constataram que ele coleciona passagens pela polícia nestes dois estados. “Nei” responde por furto em Rondônia e por porte ilegal de arma de fogo em Rondonópolis, onde chegou a ficar preso pelo crime. Depois de ser indiciado por porte ilegal de arma de fogo.

Foto arquivo quando ele foi preso em Coxim, em maio de 2014