Por medida de segurança, Prefeitura de Costa Rica isola trabalhadores do Maranhão após 5 positivos para Covid-19

Grupo de 22 funcionários foi mantido em isolamento social por ordem da Prefeitura de Costa Rica; primeiros infectados já estão curados

Por Fernando Brito 09/06/2020 - 09:26 hs

A Prefeitura de Costa Rica –a 306 km de Campo Grande– determinou o isolamento domiciliar de 22 trabalhadores que chegaram ao município vindos do Maranhão, após parte deles testar positivo para o novo coronavírus (Covid-19). Os 5 infectados já se recuperaram da doença.

A confirmação da medida partiu do prefeito Waldeli dos Santos Rosa (MDB) e de sua secretária municipal de Saúde, Adriana Tobal, presidente do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao novo Coronavírus, em live divulgada nas redes sociais.

Uma fazenda de Costa Rica recebeu os trabalhadores do Maranhão e, em meio a suspeitas de Covid-19, submeteu-os a testes, que deram positivo para 5. Os 22 trabalhadores foram mantidos em isolamento domiciliar na propriedade rural, onde 17 deles permanecem confinados no local –os 5 fizeram novos testes após a quarentena, que deram negativo.

O Maranhão é o sexto Estado do Brasil em número de casos relacionados ao coronavírus –até esta segunda-feira (8), eram 38.174 infectados e 1.028 óbitos. Mato Grosso do Sul, por sua vez, é o último nos dois quesitos: são 2.324 casos e 22 mortes.

“O isolamento domiciliar ainda é a melhor forma de prevenção”, declarou a secretária por meio de postagem na rede social Twitter. “É importante que as pessoas permaneçam em casa, saindo apenas para atividades essenciais”.

A situação registrada na propriedade rural levou a Prefeitura de Costa Rica a mudar as regras de contratação de funcionários que sejam de outros municípios. Decreto baixado em 1º de junho estipula que as empresas que chamarem equipes de fora devem submetê-las aos exames para constatação da Covid-19 antes do início das atividades.

Caso o teste dê positivo, a Vigilância Sanitária deve ser acionada. As empresas ainda podem ser responsabilizadas em caso de omissão.

Até domingo (8), Costa Rica, que foi um dos últimos municípios a registrarem casos positivos de coronavírus em Mato Grosso do Sulconfirmou 7 casos da doença, aguardava resultado de outros 6 e descartou 79 após testagens.

Midiamax