Polícia Civil recupera motocicleta furtada e prende receptador em Paraíso das Águas

Um rapaz de 20 anos foi preso em flagrante.

Por Fernando Brito 28/07/2020 - 19:09 hs

Na tarde desta terça-feira (28), investigadores do SIG/POLÍCIA CIVIL em COSTA RICA compartilharam informação de que uma motocicleta furtada naquela comarca poderia estar em Paraíso das Águas.

Imediatamente, investigadores do SIG-SETOR DE INVESTIGAÇÕES GERAIS DA POLÍCIA CIVIL EM PARAÍSO DAS ÁGUAS inauguraram várias diligências investigativas e operacionais que culminaram na apreensão de uma motocicleta Honda com caracteres adulterados, na Rua 01, nº 41, próximo ao aterro sanitário.

Ato contínuo, durante patrulhamento ostensivo, foi estabelecido contato visual com uma motocicleta suspeita, sendo conduzida por um masculino.

Diante das contundentes evidências, foi emanada ordem legal de parada, os quais foram desobedecidos pelo suspeito, desencadeando acompanhamento tático pelas vias urbanas de Paraíso das Águas até uma residência localizada no bairro Jardim Severiano, onde o suspeito se homiziou juntamente com a motocicleta.

Novamente houve desobediência às ordens legais emanadas pela equipe policial civil, necessitando emprego de força progressiva e moderada para conter e dominar o suspeito resistente.

No interior da residência estava um adolescente infrator, suspeito de conivência e cumplicidade na prática de outros crimes patrimoniais executados na comarca de Costa Rica.

A motocicleta foi ocultada no interior de um dos quartos da residência de numeral 12, com a placa de identificação parcialmente rompida para dificultar o trabalho policial.

O suspeito é reincidente específico no crime de receptação, além de possuir vasto histórico de passagens policiais pretéritas por crimes patrimoniais. 

O suspeito de 20 anos recebeu voz de prisão em flagrante delito pelos crimes de RECEPTAÇÃO, CORRUPÇÃO DE MENORES, DESOBEDIÊNCIA E RESISTÊNCIA e permanecerá preso, na carceragem da Delegacia de Paraíso das Águas, à disposição da Justiça.

 Se condenado, pode pegar mais de dez anos de reclusão.

Ao todo, foram duas motocicletas irregulares retiradas de circulação. Do contrário, elas poderiam estar nas ruas de nossa cidade, a serviço da criminalidade, pontuou o Delegado de Paraíso das Águas, Dr. Alexandro Mendes de Araújo.