Com 5 mil positivos em 24h e 59,3 mil infectados, MS passa de mil mortes por coronavírus

Foram 20 mortes registradas nas últimas 24h, 15 delas de moradores de Campo Grande

Por Fernando Brito 09/09/2020 - 11:22 hs
Foto: Foto: Marcos Morandi | Midiamax
Com 5 mil positivos em 24h e 59,3 mil infectados, MS passa de mil mortes por coronavírus
Cruzes em frente à Prefeitura de Dourados em protesto a mortes no início da pandemia.

 registrou 5.030 novos casos de  nas últimas 24 horas, conforme divulgado nesta quarta-feira (9) no boletim epidemiológico do novo coronavírus. O número impressionante está relacionado ao represamento de casos não encerrados nos fins de semana e reflete incremento de 9,3% na curva, resultando em uma média de mais de 209 casos por hora nas últimas 24 horas. Este é o maior número de casos diários relatados desde o início da pandemia.

Com isso, o total de infectados em MS chega a 59.393, com registro total de 1.007 mortes – 20 nas últimas 24 horas, conforme a SES (Secretaria de Estado de Saúde). O incremento de 5 mil casos nesta quarta-feira fez a taxa de letalidade cair para 1,7%.

O boletim detalha, ainda, que MS já soma 227.797 casos notificados, dos quais 164.324 foram descartados. Há 1.257 amostras em análise no  (Laboratório Central de MS) e parceiros, além de 2.823 casos que ainda aguardam encerramento pelos municípios. Os novos casos de  apresentados hoje estão distribuídos em 71 dos 79 municípios de MS: Campo Grande lidera com 1.675 casos, seguida por Caarapó (1.054), Dourados (421), Douradina (392), Sidrolândia (90), Aquidauana (87), Corumbá (87), Bandeirantes (84), Juti (82), Nova Andradina (75), Chapadão do Sul (72) e Paranhos (72), dentre outros.

Com 5 mil positivos em 24h e 59,3 mil infectados, MS passa de mil mortes por coronavírus

1.007 óbitos em MS

Nas últimas 24 horas foram registrados 20 óbitos, dos quais 15 foram de residentes em Campo Grande, 1 de Corumbá, 1 de Dourados, 1 de Miranda, 1 de Bela Vista e um de Ivinhema. Todos os óbitos ocorreram já no mês de setembro e as vítimas tinham entre 29 e 95 anos. Das 20 vítimas, apenas 3 não tinham relatos de comorbidades ou de fatores de risco.

Casos ativos, recuperados e taxas de ocupação

Dos 59.393 casos confirmados de , 47.707 são casos recuperados e 10.677 são infecções ativas, dos quais 10.200 estão em isolamento domiciliar e 479 estão internados, além de 7 outros estados que não integram as estatísticas locais.

Destes internados, 248 estão em leitos clínicos (149 públicos e 99 privados). Outros 238 estão internados em leitos de  (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 172 são públicos e 66 privados. Estes números referem-se apenas a casos já diagnosticados.

Com 5 mil positivos em 24h e 59,3 mil infectados, MS passa de mil mortes por coronavírus

Com isso, a taxa de ocupação dos leitos  – que considera tanto os casos suspeitos como os confirmados – passa por alteração: em relação aos 760 leitos clínicos adulto públicos disponíveis, 241 estão ocupados (32%). Dos 118 clínicos pediátricos, 4 estão ocupados (3%). Já em relação aos 369 leitos de  adulto públicos, 202 estão ocupados (55%). Dos 9 leitos de  pediátricos existentes, nenhum deles está ocupado (0%).

A taxa de ocupação global de leitos de  em MS, por macrorregião, apresentou mudanças na região de Campo Grande, que teve o índice calculado em 68% de ocupação, sendo 37% dos 315 leitos de  disponíveis da macrorregião estão ocupados com pacientes confirmados da , enquanto 3% é com casos suspeitos. Além disso, 28% dos leitos estão ocupados com pacientes com outras enfermidades.

Na macrorregião de Corumbá, dos 27 leitos existentes, 74% está ocupado, sendo 41% com pacientes confirmados ou suspeitos de  e 33% com pacientes com outras enfermidades. Dourados vem na sequência, com 71% da taxa de ocupação global, seguida por Três Lagoas, com 48%. 

Com 5 mil positivos em 24h e 59,3 mil infectados, MS passa de mil mortes por coronavírus

Clique AQUI para conferir o boletim epidemiológico na íntegra.

Fonte: Midiamax