Paraíso das Águas chega a 117 casos confirmados de covid-19 e 25 aguardam resultado de exame

Os casos subiram significativamente nos últimos dias.

Por Fernando Brito 02/12/2020 - 10:39 hs

Paraíso das Águas chega a 117 casos confirmados de covid-19 e 25 aguardam resultado de exame
Vista aérea da Avenida Manoel Rodrigues da Cruz

A Secretaria Municipal de Saúde divulga diariamente o Boletim Covi-19 com informações atualizadas dos casos confirmados e suspeitos do Município.

O último boletim, desta terça-feira(2) foi com o maior número de casos confirmados de uma só vez, desde o início da pandemia. Foram 09 casos confirmados em 24 horas.

Até o momento, foram 117 pessoas infectadas. 795 notificações, 653 descartados, 101 curados, 13 isolados e 03 óbitos.

O Comitê de Enfrentamento e Combate à covid-19 deve se reunir para discutir novas medidas para combater o avanço da transmissão e infecção ao novo coronavírus.

A chamada "segunda onda" teve início em meados de novembro, após uma estabilidade em quase todo país e em parte do mundo.

O prefeito de Paraíso das Águas Ivan da Cruz Pereira (DEM) informou à nossa reportagem que as medidas de flexibilidade foram discutidas pelo comitê e consultada a população, que não há nenhuma intensão de realizar lockdown (fechamento) dos comércios ou restringir a prática de esportes e outras atividades, ou seja, aplicar medidas mais rígidas, dependerá do que recomendar a Secretaria Estadual de Saúde, mas no momento não há esta hipótese.

Ainda a melhor alternativa é aplicar com rigor as medidas de biossegurança como máscara facial, álcool gel, evitar aglomerações e manter o distanciamento social.

O prefeito ainda informou que já solicitou à Secretaria Municipal de Saúde para que assim que a vacina for liberada, Paraíso das Águas seja um dos primeiros municípios à adquirir o imunizante.

Vale ressaltar que o Município de Paraíso das Águas foi um dos primeiros municípios de Mato Grosso do Sul à tomar medidas preventivas de enfrentamento e combate ao covid-19. Um dos primeiros à publicar o decreto para evitar a transmissão e o contágio.