Em três dias Camapuã perde 4 vidas para a covid-19

Três importantes cidadãos camapuanenses perderam a luta para o coronavírus

Por Fernando Brito 17/03/2021 - 16:27 hs

Nos últimos três dias Camapuã perdeu 4 vidas para a COVID-19 em hospitais de Campo Grande. Na segunda-feira (15) vieram a óbito em decorrência do novo coronavírus os irmãos Ariston Rodrigues Ferreira e Haroldo Rodrigues Ferreira, ambos estavam internados á varias semanas na capital do estado.
Já nesta terça-feira (16) a vitima fatal foi o servidor público estadual do IAGRO, Claudiney Rodrigues Aquino. Claudiney exercia a função de Agente de Serviços Agropecuários, tomou posse na Unidade Local de Costa Rica, estando executando suas atividades atualmente na Unidade Local de Camapuã. Ele esteve junto a Iagro por mais de 30 anos.

Mais recente vitima 

A mais nova vitima da COVID-19 em Camapuã foi o advogado Mauricio Duailibi que veio a falecer no final da manha desta quarta-feira (17), em Campo Grande.

Mauricio Duailibi, de Camapuã, tinha 75 anos de idade e 39 anos de advocacia. Foi Procurador Jurídico do Município, Delegado da CAAMS na Subseção, representante da JUCEMS e autor de livro sobre a história de Camapuã.

Ele é pai do ex-Conselheiro Estadual da OAB/MS Bento Duailibi que lamentou o falecimento.

O Presidente da OAB/MS Mansour Elias Karmouche disse estar entristecido e lamentou profundamente o falecimento do amigo. “Pessoa que nutria profunda admiração e amizade, por ser também da colônia árabe. Mais uma perda para essa terrível doença que é a Covid”.

Presidente da Subseção Camapuã Cesar Augusto de Souza Ávila também deixou palavras sobre o amigo. “Advogado decano de Camapuã. Pessoa muito participativa nas instituições da cidade, sendo fundador e co-fundador de várias delas, como a Maçonaria e Armac. 

Em razão da pandemia não haverá velório e o sepultamento será em Campo Grande.

Fonte: Hora News