Com ocupação de 107%, hospitais de Campo Grande estão com 25 pacientes além da capacidade

Índice é referente a internações de casos graves de covid

Por Fernando Brito 19/04/2021 - 10:33 hs

Após ser classificada como bandeira cinza - risco extremo para contaminação do coronavírus, Campo Grande atingiu 107% de ocupação de pacientes graves com covid em leitos UTI (Unidades de Terapia Intensiva) na manhã desta segunda-feira (19). O Jornal Midiamax acompanha os índices diariamente pelo painel Mais Saúde, da SES (Secretaria Estadual de Saúde).

Assim, os hospitais do município atendem 25 pacientes além da capacidade. São 363 internados, quando o sistema comporta apenas 338 hospitalizados por complicações da covid. Os leitos UTI para demais casos estão com 92% de ocupação, ou seja, há apenas 47 vagas disponíveis.

No HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) - referência do SUS para tratamento de covid em MS, todos os leitos críticos estão ocupados. Além disso, outros 13 pacientes estão em pontos extras instalados na área vermelha do hospital.

Mato Grosso do Sul registra taxa de ocupação de leitos UTI exclusivos para pacientes graves de covid de 104%. Conforme os dados repassados pelos hospitais, o sistema de saúde de MS  está com 24 pacientes além da capacidade, que hoje é de 585 casos graves de covid no Estado. 

Já, os leitos UTI para demais casos está com ocupação de 90%, ou seja: 873 dos 970 leitos existentes estão com pacientes. Para os leitos clínicos de enfermaria, a taxa de ocupação registrada é de 62% das 1.256 vagas exclusivas para infectados por covid.

Em Dourados, a ocupação de leitos para pacientes em estado grave com covid saltou de 90,7%na sexta-feira para 94,74% nesta segunda. Isso significa que restam apenas 4 vagas em UTI.

Após semanas com superlotação, a rede hospitalar de Três Lagoas chegou a ficar com ocupação em 95%, subiu na sexta para 100% e caiu nesta segunda para 91%. Corumbá, que estava até terça-feira da semana passada sem UTIs para covid disponíveis, tem queda nas internações e está em situação mais confortável, com ocupação em 76%. Naviraí teve queda de 100% para 90% e Sidrolândia tem ocupação de 200%.

Midiamax