Boletim da covid: MS tem recorde de contaminados em 24h com mais de 3 mil novos casos e 58 mortes

Saúde alerta que não há leitos para internação tanto pelo SUS quanto na rede privada

Por Fernando Brito 10/06/2021 - 08:23 hs

Mato Grosso do Sul vive 'explosão' da covid em junho e atingiu a marca de 3.034 novos casos confirmados da doença em 24 horas, conforme boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgado na manhã desta quarta-feira (09).

Diante do cenário crítico, o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, cobrou medidas mais restritivas por parte dos municípios. "Os governantes deveriam estar tomando medidas mais restritivas", afirmou.

A secretária-adjunta de saúde, Christinne Maymone, afirmou que a "situação é crítica" ao apresentar os dados das últimas 24h. MS chegou a 307.349 casos confirmados de covid. Foram 58 mortes no período, totalizando 7.268 no total da pandemia até o momento.

As cidades que registraram o maior número de mortes nesta terça-feira foram:

  • Campo Grande: 22
  • Ponta Porã: 8
  • Dourados: 4
  • São Gabriel do Oeste: 4

Internações

O número de pessoas internadas é de 1.287, sendo que 544 estão em estado grave em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). Desses, 419 estão pelo SUS e 125 estão na rede particular de saúde. Outras 749 pessoas estão em leitos clínicos, sendo 543 em leitos públicos e 200 em hospitais privados.

"Há superlotação. Estamos trasnferindo [pacientes] para fora do estado, tanto no SUS quanto no particular. Não existem leitos!", enfatizou a secretária-adjunta.

Por fim, a tax de ocupação de leitos SUS está em 108% na macrorregião de Campo Grande. Em Dourados a taxa é de 96%, de 95% em Três Lagoas e de 93% em Corumbá. Veja mais dados abaixo: