BR 060: mulher é lançada para fora do veículo em acidente com caminhonete, em Paraíso das Águas

Caminhoneiro tombou para evitar colisão frontal

Por Fernando Brito 13/10/2021 - 08:48 hs

Uma tentativa de volta à pista depois de uma derrapagem quase acaba em tragédia na tarde de ontem na traiçoeira BR-060, próximo  ao KM 48 entre uma carreta e caminhonete.  

A Polícia Militar Militar foi acionada para dar apoio porque os veículos ficaram sobre a pista numa baixada, com a possibilidade de mais colisões.  O caminhoneiro percebeu que a batida seria frontal e manobrou, tombando no precário  acostamento da rodovia.

A caminhonete com placas de Campo Grande rebocava uma “carretinha” e fazia o trajeto em direção Chapadão do Sul/Paraiso das Águas. Saiu um pouco da pista na descida e perdeu o controle do veículo ao tentar retornar à BR e entrou na contramão.   No sentido contrario vinha a carreta  descarregada. O motorista saiu para o que deveria ser um acostamento  e mesmo assim a caminhonete bateu na lateral.

A foto do acidente impressiona pela destruição da caminhonete cujo condutor teve muita sorte em sobreviver. Sua esposa foi projetada para fora do veículo e caiu na pista, sofrendo ferimentos leves. A mulher e dois adolescentes que acompanhavam o casal foram socorridos por motoristas que passavam e conduzidos ao Pronto Socorro do Hospital Municipal de Chapadão do Sul. Os envolvidos acionaram a PRF e foram orientados a registrarem Boletim de Ocorrência porque não teve  vítimas fatais no acidente.

A jurisdição da BR-060 é da PRF, mas nem sempre se deslocam pela distância existente entre a Base Operacional em São Gabriel do Oeste e as rodovias da região de Chapadão do Sul e Paraíso das Águas. Neste caso a Polícia Militar foi acionada para controlar o trânsito no local porque o ponto de colisão apresentava risco de novos acidentes até que “carreta” fosse retirada. Muito óleo foi derramando sobre a pista e os dois veículos ficaram bem destruídos. Varias armações de tendas ficaram jogadas na margem da rodovia. Este foi o acidente mais grave no feriado prolongado.

Fonte: César Rodrigues/Chapadense News