Processo contra o prefeito Graxa é arquivado em Chapadão do Céu

Graxa foi derrotado no Legislativo, mas eram necessários dois terços dos votos para ser cassado.

Por Fernando Brito 10/07/2019 - 13:27 hs

    • O prefeito de Chapadão do Céu (GO), Rogério Graxa, perdeu por 5X4 a votação  que julgava a cassação de seu mandato mas o processo acabou arquivado porque eram necessários dois terços dos votos. 

    • Foram avaliados dois processos pelos nove vereadores numa sessão com público máxima na Câmara. A decisão coloca uma “pedra” na polêmica alteração do valor de um convênio aprovado na Câmara em dezembro de 2017. Destinado ao Conselho Municipal de Segurança Pública de Chapadão do Céu (Conseg), este tinha valor original de R$ 550 mil, mas sem autorização do Poder Legislativo foi mudado para R$ 675 mil.

    • Outro ponto destacado é que em agosto do ano passado o prefeito repassou recursos para compra de materiais de construção e mão de obra para obras em outra cidade.

    • Trata-se da Companhia de Policiamento Especializado na cidade de Mineiros. A oposição entendeu que houve  desvio de finalidade com o recurso público. 

    • Graxa - certamente – será mais precavido no tratos destas questões doravante numa cidade  cuja vencedor da eleição  tem uma margem muito pequena de votos.

    • César Rodrigues/Chapadense News