Seja bem vindo
Paraíso das Águas,19/08/2022

    • A +
    • A -
    Publicidade

    Em caso raro, pedras de 5 cm são formadas em vagina de mulher

    O caso se popularizou pois as “pedras nos rins” são consideradas banais por muitas pessoas


    Em caso raro, pedras de 5 cm são formadas em vagina de mulher


    Na segunda-feira (31), o periódico Urology Case Reports (Relatos de Casos de Urologia) divulgou um caso raro. Segundo o artigo, médicos encontraram duas pedras, com tamanhos de 3,6 cm por 5 cm e 5 cm por 5,8 cm, dentro da vagina de uma mulher de 30 anos. As informações são da coluna Viva Bem do UOL.

    Normalmente, esses cálculos, conhecidos como pedras, são formados nos rins ou na vesícula.

    De acordo com o relato dos médicos, o diagnóstico de cálculo vaginal é difícil porque os sintomas não são específicos.

    No caso dessa paciente, ela se queixava de dificuldades para engravidar, menstruação irregular, cólicas no período menstrual e escape de urina.

    O artigo afirmou que outras poucas mulheres que sofreram de cálculos vaginas não relataram problemas para engravidar. Por isso, os médicos precisam ficar atentos aos sinais.

    As duas pedras na vagina dessa paciente só foram descobertas em uma tomografia computadorizada. Ela mostrou que uma estava presa na parede da bexiga e a outra, na parede do reto.

    Reprodução/Urology Case Reports

    Segundo o artigo publicado, isso pode ter ocorrido devido a uma fístula (ferida) entre a vagina e a uretra. O que favoreceu o acúmulo de urina e resultou na formação dos cálculos.

    Após a cirurgia, os médicos relataram que as duas pedras tinham aparências “sólidas e lisas”. Também ressaltaram que a paciente não apresentou mais nenhum dos sintomas relatados depois de seis meses do procedimento.

    Fonte: UOL/IstoÉ




    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login