Rally dos Sertões em Paraíso das Águas neste domingo, 25

A largada inédita do Rally dos Sertões será no próximo dia 24 em Campo Grande.

Por Fernando Brito 21/08/2019 - 09:21 hs

O vereador Anízio Andrade informou que conseguiu em parceria com os organizadores do Rally dos Sertões, uma apresentação inédita em Paraíso das Águas, durante a passagem pela cidade, no próximo domingo, dia 25 de agosto.

A apresentação será no Jardim Severiano, próximo ao Auto Posto Tozzo, a partir do meio dia. A previsão de chegada dos competidores é a partir do meio dia. A competição deve iniciar às 13h.

Edição 2019

O Rally dos Sertões 2019, que terá largada inédita no próximo dia 24 de agosto na Capital, promete ser um o melhor de todas as edições e a estrutura que está sendo preparada para a abertura, com o apoio do Governo do Estado, vai reservar um grande espetáculo ao público e muitas emoções aos pilotos. A avaliação é do diretor técnico do evento, Carlos Edmundo Sachs, o Du Sachs, ao inspecionar a Arena Sertões, na Praça do Papa.

“A área para montagem da nossa estrutura é realmente fantástica, nunca tivemos um espaço tão grande para a pista e para o público, com um show ao final do prólogo (tomada de tempo)”, disse Du Sachs, após percorrer o local acompanhado do secretário especial do Governo, Carlos Alberto Assis. “O Rally tem tudo para ser o melhor em festa e tecnicamente. A receptividade da cidade e a estrutura disponibilizada nos impressiona”, completou.

Para Carlos Alberto Assis, o investimento do Estado para trazer o evento, em parceria com a prefeitura, projetará Campo Grande e o Mato Grosso do Sul mundialmente. “O Rally vai apresentar nossas riquezas para o Brasil e o mundo e quem ganhará com isso será o turismo, a rede hoteleira, uma cadeia de consumo e a própria população”, disse ele. “O governo está dando todo o apoio para que tenhamos uma largada que motive o Rally a voltar outras vezes.”

Número recorde

O desafio está pronto: são cerca de 4.800km de percurso, sendo 2.832km de especiais com terrenos variados e dificuldades idem. Os desafiantes também estão prontos para a largada da 27ª. Edição do Sertões, em Campo Grande. São 187 veículos e 302 competidores em busca dos títulos mais cobiçados do maior rally das Américas. Os números mostram recorde de competidores e um campo robusto com disputas equilibradas em todas as categorias.

De um fato os inscritos têm certeza: a edição de 2019 é a mais competitiva da história do Sertões.  A prova mais importante do off-road nacional tem representantes de 163 cidades brasileiras e 21 estados e o Distrito Federal. De Mato Grosso do Sul, são três representantes das cidades de Campo Grande, Amambai e Maracaju.  A lista de inscritos inclui 11 estrangeiros e 12 mulheres. Os estrangeiros vêm da Argentina, Uruguai, Paraguai, Portugal e dos EUA.

O Rally dos Sertões 2019 vai percorrer sete estados e 40 cidades até a chegada em Aquiraz, no Ceará, no dia 1º de setembro. O roteiro da prova este ano prevê oito etapas e mais de 2.832 km de especiais cronometradas. Conforme o roteiro, a primeira etapa terá 487 km, entre Campo Grande e Costa Rica, no dia 25 de agosto. No dia seguinte, os competidores saem de Costa Rica e saem do Estado em direção à Barra do Garças (MT), percorrendo mais 639 km.

Trajeto desafiador

Na sua 27ª edição, o Sertões traz muitas novidades. Projeta o futuro em três dimensões: esporte, social e turismo. O lado competitivo da prova evolui com novos desafios de navegação, velocidade e tecnologia. O lado social, também conhecido pelo trabalho do S.A.S. (Saúde e Alegria nos Sertões), praticamente dobra a sua capacidade de atendimento das populações sertanejas por onde o Sertões passa – cidades remotas com população carente.

“A prova está pronta e de uma coisa os participantes podem ter certeza: o roteiro é um dos mais desafiadores da história do Sertões. A estrutura operacional e de segurança continua evoluindo e, além disso, temos várias novidades na organização da prova e na conexão com as cidades anfitriãs. São detalhes que mostram o Sertões alinhado com o objetivo de ser o maior do mundo até 2022”, diz Joaquim Monteiro, CEO da Dunas, a empresa que organiza o Sertões.

O Sertões movimenta toda a cadeia produtiva das cidades por onde passa. Cerca de 1.700 pessoas que compõem a caravana da competição fazem compras e usam serviços locais durante a prova, como hotéis, supermercados, bares e restaurantes; postos de gasolina, farmácia, lojas, serviços de manutenção de veículos e muito mais. Outro fator importante é a divulgação das cidades, roteiros turísticos e das belezas naturais dos estados através da mídia.