Seja bem vindo
Paraíso das Águas,18/08/2022

    • A +
    • A -
    Publicidade

    Líder em genética de aves, norte-americana quer comprar 1,2 mil hectares em Água Clara

    Bolsonaro pediu ao Congresso autorização para Cobb-Vantress comprar terras em Mato Grosso do Sul

    Foto: Midiamax
    Líder em genética de aves, norte-americana quer comprar 1,2 mil hectares em Água Clara


          presidente da República Jair Bolsonaro (PL) encaminhou ao Congresso Nacional proposta de autorização de compra de 1,2 mil hectares da Fazenda Granja Alvorada, no município de Água Clara, em Mato Grosso do Sul. O pedido é da norte-americana líder global em genética avícola Cobb-Vantress e foi publicado no Diário Oficial da União da sexta-feira (22).

            Em 2020, o Senado aprovou projeto que regulamentava a compra de hectares terras no Brasil por estrangeiros, mas a proposta não chegou a ser analisada pela Câmara dos Deputados. Desde então, o presidente Bolsonaro tem encaminhado pedidos de compras de hectares brasileiros ao Congresso.

            Um deles foi um cidadão boliviano naturalizado norte-americano e outro uma pessoa jurídica integrada por empresa estrangeira, sem divulgação de mais detalhes. Neste pedido de compra de terras em Mato Grosso do Sul, a Cobb-Vantress é citada como pessoa jurídica brasileira equiparada à estrangeira, com sede em Guapiaçu, São Paulo.

            O Site entrou em contato com o setor de compras da Cobb-Vantress, que informou não ter detalhes para divulgar sobre a negociação em Mato Grosso do Sul. A granja já atua sob o nome da Cobb no Estado desde 2005. Quando foi instalada na região, prometia gerar 600 empregos e criar aves avós para produção de matrizes. O que a empresa dos Estados Unidos quer, agora, é ser dona de hectares de terras brasileiras.

            Há dois dias, a Cobb-Vantress de Água Clara conseguiu renovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para exportar aves desta granja para a Argentina.

            R$ 50 milhões em 16 hectares

            A Cobb-Vantress anunciou nesta semana investimento de R$ 50 milhões em uma unidade de produção de pintinhos de um dia em uma área de 16 hectares adquirida pela companhia no município de Prata, no Triângulo Mineiro.

            A iniciativa, segundo a empresa, deve proporcionar 60 empregos diretos na região, estima o veterinário e diretor de Produção de Incubatórios da Cobb-Vantress na América do Sul, Eduardo Costa. "Este projeto prevê a construção de um incubatório de ovos férteis com a finalidade de produzir aves matrizes de um dia para produção de frango de corte atendendo ao mercado nacional e exportações", disse o executivo, em nota. A empresa tem outras unidades instaladas em Minas Gerais, além desta em Prata: em Itapagibe e Campina Verde, no Triângulo Mineiro.

            Neste ano, a Cobb-Vantress pretende investir ao todo R$ 160 milhões no Brasil para ampliar a capacidade de atendimento ao mercado sul-americano. A companhia vai aumentar as instalações de duas granjas, uma de avós e outra de bisavós, além de construir um novo incubatório até o fim deste ano.

            O diretor sênior de Operações da Cobb na América do Sul, Flavio Henrique Araújo Silva, disse em comunicado que a "iniciativa faz parte da nossa estratégia de expansão em toda a região e representa um aumento importante no alojamento de avós e na capacidade da produção de matrizes".

            As aves avós são aquelas que produzem as matrizes, que por sua vez são as responsáveis pela produção do frango de corte. Com as novas instalações, além de ampliação da granja de bisavós, a empresa projeta um crescimento de 20% da sua capacidade produtiva. "Esta medida é uma resposta ao aumento da demanda de matrizes do mercado em toda a América do Sul", salienta o executivo. A América do Sul é a principal região de vendas da companhia no mundo.

            A Cobb-Vantress tem sede em Siloam Springs, Arkansas, nos Estados Unidos. É considerada a empresa produtora de aves de corte de pedigree mais antiga do mundo, com distribuição para cerca de 120 países.

            Fonte: Midiamax.uol



            COMENTÁRIOS

            Buscar

            Alterar Local

            Anuncie Aqui

            Escolha abaixo onde deseja anunciar.

            Efetue o Login